Design Thinking na Saúde

Estruturação Jurídica de Negócios

O Design Thinking, termo sem tradução para o português, é uma ferramenta que vem se difundindo em diversos setores e que tem ajudado muitas organizações a desenvolver soluções extremamente inovadoras, inclusive, é importante você saber que no setor de saúde existem alguns casos de sucesso.

VALOR DO INVESTIMENTO | R$ 87,50

COMPRAR AGORA »

O Design Thinking, termo sem tradução para o português, é uma ferramenta que vem se difundindo em diversos setores e que tem ajudado muitas organizações a desenvolver soluções extremamente inovadoras, inclusive, é importante você saber que no setor de saúde existem alguns casos de sucesso.

Podemos citar, por exemplo, o caso da Nutricia, divisão especializada em saúde, da empresa alimentícia Danone. Com o do uso de ferramentas do Design Thinking, foram realizadas sessões para mapear a jornada de vários perfis de pacientes, gerando insights sobre o comportamento de consumo, hábitos alimentares e as principais necessidades de cada perfil. O resultado foi positivo: diversos workshops com membros da Nutricia para co-criar opções de alimentos que pudessem suprir as carências mais latentes para cada perfil de pessoa, mas que ao mesmo tempo fossem viáveis tecnicamente para a equipe da Nutricia e tivessem viabilidade de negócios para a Danone.

Não se assuste se você é daqueles que associam o termo “Design” a trabalhos gráficos, artísticos ou criação de softwares, e, está se perguntando nesse momento: “Qual a relevância do Design Thinking para o setor de saúde?”.

Atualmente, tornou-se crítico para qualquer organização de saúde, independente do porte e ramo no qual atua, inovar de forma sistemática para garantir a sobrevivência no cenário altamente competitivo. As possibilidades são inúmeras: novos produtos, serviços, melhorias na experiência do paciente, processos, cadeia de fornecimento, relacionamentos, marca, entre outras.

Conheça em nosso curso Design Thinking na Gestão de Saúde, a abordagem que está impactando positivamente o mundo dos negócios.

COMPRAR AGORA »

Como este curso vai te ajudar?

Nós sabemos que inovar é preciso, mas qual metodologia utilizar quando queremos criar soluções inovadoras? Quando você quer repensar um processo ou criar um novo serviço como deve proceder?

Esse é o objetivo do nosso curso de Design Thinking na Gestão de Saúde: apresentar uma abordagem inovadora sob a ótica de quem tem a necessidade, de quem vai criar a solução e de quem vai vender a solução.

A utilização de ferramentas de Design Thinking e a adoção de um novo modelo mental permite criar empatia com as pessoas, se inspirar com elas, para despertar todo o potencial criativo das pessoas envolvidas no processo e chegar a soluções para atender os desejos e necessidades de cada um.

Público-alvo

Empresários, gestores, executivos, médicos, enfermeiros e demais profissionais da área de saúde que buscam melhorar tanto a performance coletiva quanto o atendimento ao paciente, através da inovação dos processos decisórios e criativos no ambiente de trabalho e negócios.

Qual o diferencial

O Design Thinking coloca o ser humano no centro do processo de inovação, a partir de experiências de empatia, colaboração, cocriação, prototipação e experimentação. E como isso se dá? Através da combinação do pensamento criativo e o de negócios, com o objetivo de gerar valor e prover soluções de longo prazo.

Além disso, a metodologia faz com que você desenvolva um novo modelo mental e desperte todo o seu potencial criativo que permitirá atender os desejos e necessidades individuais e em equipe.

Isso é algo que diferencia o Design Thinking das outras abordagens, ele vê o mundo a partir de três lentes: a lente do desejo e necessidade do ser humano (a partir da criação de empatia e entendimento do problema), a lente de que é viável tecnicamente (ou seja, que temos tecnologia ou podemos desenvolver para um dado problema) e a lente de que é viável para o mercado (é sustentável para o negócio).

Todas as soluções de Design Thinking têm essa característica e em nosso curso, voltado para a área de saúde, será possível você aprender a usar essa metodologia em clínicas e hospitais.

COMPRAR AGORA »

A importância do Design Thinking para o setor de saúde

O Design Thinking é importante para o setor de saúde porque ele pode ajudar a criar soluções inovadoras e de alto impacto, sem necessariamente precisar investir muito para que isso aconteça. Por meio dessa abordagem, é possível encontrar soluções pontuais e mais holísticas para o sistema de saúde como um todo.

O desenvolvimento de projetos baseado em Design Thinking consiste basicamente em 5 etapas:

  1. Descoberta

Temos um desafio. Como abordá-lo?

  1. Interpretação

Aprendemos algo. Como interpretar as informações disponíveis?

  1. Ideação

Enxergamos uma oportunidade. Como geramos ideias?

  1. Experimentação

Temos diversas ideias. Como as validamos?

  1. Evolução

Experimentamos algo novo que gerou resultados. Como podemos evoluir?

Vantagens e mais vantagens

Você sabia que com o uso do Design Thinking é possível tornar o atendimento ao paciente mais humanizado e também tornar mais produtivo os processos internos dos profissionais de saúde?

Aprenda em nosso curso a redesenhar as experiências dos pacientes dentro de clínicas, hospitais e emergências, criar novos serviços, produtos e ferramentas para humanizar a forma de tratamento na percepção dos pacientes. Vantagens para todos os envolvidos!

Acabamos de citar apenas alguns exemplos de como o Design Thinking pode ser aplicado ao universo da saúde. Veja agora algumas vantagens nas características pessoais comumente atribuídas aos designs thinkers e que você também vai aprender em nosso curso:

Confira!

  • Habilidade para empregar conhecimento tático;
  • Habilidade para desenvolver percepção consciente e lampejo estimulante;
  • Identificar as causas mais profundas dos problemas;
  • Habilidade para antecipar e visualizar cenários;
  • Habilidade para inventar ideias e sínteses;
  • Habilidade para solucionar problemas.

 Por que esse curso é o melhor para você?

Em vez de teorizar, conversar e imaginar, a proposta do Design Thinking é colocar a mão na massa e aprender com a prática. Assim também é o nosso curso.

O curso traz um foco prático e ao mesmo tempo teórico, gravado em videoaulas e com materiais complementares, assim o aluno tem uma maior absorção do conhecimento.

Aprenda a visão otimista do Design Thinking “todos podemos ser agentes de mudança, a qual é centrada na diversidade humana, em abordagem interdisciplinar, altamente colaborativa e muito focada em resultados de impacto para as partes interessadas”.

A grade curricular do curso foi montada por um profissional especialista no assunto, com vivência no mercado e responsável também por ministrar as aulas.

COMPRAR AGORA »

Aqui tudo é visível, não escondemos nada de você! Veja o conteúdo programático completo na aba ementa abaixo!

EMENTA +

Módulo Único

Aula 1: Introdução ao Design Thinking

Vamos entender o que é a ferramenta DT e como a era da experiência está impactando os negócios.


Aula 2: Design Thinking na Saúde

Nesta aula entendemos como DT está sendo utilizado na saúde e os resultados que isto está trazendo.


Aula 3: Empatia

Vamos entender o que é a empatia e como utilizá-la no nosso dia a dia para processos de inovação.


Aula 4: Ideação centrada nas pessoas

Vamos utilizar a criatividade para solucionar os possíveis problemas que passamos na nossa gestão.


Aula 5: Experimentando e testando

Aqui vamos do mundo das ideias ao mundo real para entender se a nossa solução inovadora vai de encontro ao que as pessoas precisam.